..:Bela Vista MS News::..

logo
Home | Artigos | Com 41,7 %, Juiz Odilon lidera a corrida ao governo de MS Voltar

Com 41,7 %, Juiz Odilon lidera a corrida ao governo de MS


Pesquisa divulgada nesta quarta-feira (13) pelo site Diário da Mídia aponta a liderança do ex-juiz federal Odilon de Oliveira, pré-candidato do PDT, na disputa pelo governo de Mato Grosso do Sul em 2018. O levantamento estimulado, feito pelo Instituto Ranking, revela que se somente o ex-governador André Puccinelli, do PMDB, o atual governador Reinaldo Azambuja, do PSDB, e o juiz Odilon estivessem na disputa, o preferido, com 41.70% das intenções de voto, é Odilon. André Puccinelli fica em segundo lugar, com 25.26%, e Reinaldo Azambuja aparece em terceiro, com 21.73%. Não souberam ou não responderam a essa pergunta 11.31% dos entrevistados.

Na pesquisa onde foram apresentados aos entrevistados todos os nomes ventilados até agora como possíveis pré-candidatos ao governo, o Juiz Odilon também leva uma boa vantagem sobre os demais concorrentes. Nesse caso, ele teria hoje 28.36% das intenções de voto, seguido pelo ex-governador André Puccinelli, com 17.06%, o governador Reinaldo Azambuja, 16.13%, o médico Ricardo Ayache (PSB), com 3.63%, o deputado federal Henrique Mandetta (DEM),2.73%, o ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP), 1.70%, o deputado estadual Coronel David (PSC), com 1.13%, Suél Ferranti (PSTU), com 0.83%, Cláudio Sertão (PODEMOS) , com 0.43% e Humberto Amaducci (PT), com 0.23%. Não souberam ou não quiseram opinar 27.77% dos eleitores.

Os dados levantados na pesquisa espontânea confirmam a liderança de Odilon, com 18.36%, seguido do ex-governador André Puccinelli, com 10.16%, e Reinaldo Azambuja novamente em terceiro, com 9.56%. Na sequência vem Ricardo Ayache (2.16 %), Henrique Mandeta ( 1.70%), Alcides Bernal (1.13%), Coronel David (0.80%), Suél Ferranti (0.56%), Cláudio Sertão (0.23%), e Humberto Amaducci (0.16%). Nesse caso, não souberam ou não quiseram responder 55.18%.

Rejeição – O nome mais rejeitado na pesquisa do instituto Ranking é o do ex-governador André Puccinelli . Do total de entrevistados, 29,13% afirmaram que jamais votariam em André. Na sequência, aparece Reinaldo Azambuja, com 20.40%, Alcides Bernal (17.63%), Henrique Mandetta (3.26%), Coronel David (2.50%), Ricardo Ayache (2.13%), Odilon de Oliveira (1.43%), Humberto Amaducci (1.20%), Suél Ferranti (0.70%) e Cláudio Sertão (0.53%). Não souberam ou não quiseram responder a esse quesito 21.09% dos eleitores.

A pesquisa divulgada nesta quarta-feira foi feita entre os dias 04 e 12 de dezembro em 17 municípios de MS, com 3.000 entrevistados, todos com idade igual ou superior a 16 anos. A margem de erro é de 2,50 pontos porcentuais para mais ou para menos e o índice de confiança é de 95%.




Fonte: CAARAPONEWS -13/12/2017




Voltar


© Copyright Bela Vista MS News . Todos os direitos reservados.