Últimas Notícias
Caixa libera calendário e consulta do FGTS pode ser feita na sexta-feira (08)

Caixa libera calendário e consulta do FGTS pode ser feita na sexta-feira (08)

Através do aplicativo FGTS e no site fgts.caixa.gov.br, a Caixa Econômica Federal libera amanhã (08) a consulta ao saque extraordinário, de até R$ 1.000, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

Conforme a instituição, a consulta servirá para o trabalhador saber quanto terá direito de sacar no Fundo de Garantia. Ele poderá ainda informar se não quer receber os valores liberados de forma extraordinária pelo governo, conferir os depósitos feitos pelo empregador e confirmar o calendário de pagamentos do dinheiro.

Vale ressaltar que, pelo aplicativo estão liberadas mais funcionalidades, sendo possível consultar o valor a ser creditado, a data de crédito na conta-poupança social digital, informar que não quer receber o crédito do valor, solicitar que o dinheiro creditado retorne para a conta FGTS e realizar alteração cadastral para criação da poupança, aponta material publicado pela Agência Folhapress.  

Já através do site, o trabalhador só poderá consultar se tem direito ao saque extraordinário do FGTS e a data do crédito na poupança social digital que será aberta pela Caixa. 

Importante lembrar que o valor a ser pago será o saldo disponível na conta do FGTS na data do débito realizado pela Caixa, conforme o calendário de pagamento, que vai de 20 de abril a 15 de junho. Confira abaixo as liberações conforme o mês de nascimento e a data em que será feito o depósito:

  • Janeiro - 20 de abril (quarta)
  • Fevereiro - 30 de abril (sábado)
  • Março - 4 de maio (quarta)
  • Abril - 11 de maio (quarta)
  • Maio - 14 de maio (sábado)
  • Junho - 18 de maio (quarta)
  • Julho - 21 de maio (sábado)
  • Agosto - 25 de maio (quarta)
  • Setembro - 28 de maio (sábado)
  • Outubro - 1º de junho (quarta)
  • Novembro - 8 de junho (quarta)
  • Dezembro - 15 de junho (quarta)

spinner-noticia

No feriado de Tiradentes retirada de valores poderá ser feita a distância, por meio do FGTS digital. - Arquivo/Correio do Estado

 

Ainda, acontecerá uma pausa na liberação devido ao feriado de Tiradentes, em 21 de abril, quando não haverá expediente bancário, entretanto, a retirada poderá ser feita a distância, por meio do FGTS digital.

Quem não informar até 20 de abril que não quer o dinheiro poderá, posteriormente, devolver os valores debitados pela Caixa à conta do FGTS. O prazo para fazer isso é até 10 de novembro deste ano no aplicativo ou em alguma agência.

Quem optar pelo benefício não poderá fazer uma nova solicitação de saque extraordinário. Caso não realize nenhuma movimentação na poupança social digital até o dia 15 de dezembro, os valores voltam automaticamente para a conta do Fundo de Garantia.

saque

Será possível retirar os valores por meio do aplicativo Caixa Tem. Isso pode se dar por compras, pagamento de contas, além de transferir os valores para outras contas e realizar o saque, inclusive através de Pix.

Já estará liberado o pagamento de boletos, contas e até mesmo utilizar o cartão de débito virtual para pagamento em lojas, sites ou aplicativos, assim que o valor for creditado na conta. Também estarão liberadas compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos pagando com o QR code nas maquininhas.

Todo trabalhador com saldo no Fundo de Garantia, que não esteja bloqueado, terá direito ao saque extraordinário. O Ministério da Economia calcula que 42 milhões de trabalhadores terão acesso ao dinheiro, somando R$ 30 bilhões liberados. 

Fonte:Correio do Estado

.


Data: 07/04/2022