Últimas Notícias
Polícia resgata vítima de cárcere e exploração sexual em boate de MS

Vítima foi obrigada a fazer programas sexuais - Crédito: PMMS

Polícia resgata vítima de cárcere e exploração sexual em boate de MS

Uma ação dos policiais da Força Tática e uma equipe do Batalhão de Choque, socorreram na noite desta segunda-feira (6), uma mulher de 23 anos, vítima de exploração sexual e que estava sendo mantida em cárcere privado em uma boate na região do Distrito de Águas do Miranda, no município de Anastácio, a 145 quilômetros de Campo Grande.

Ao chegar no local, os policiais foram informados pelo gerente da boate que a mulher estava no quarto e que, as jovens hospedadas ali utilizavam o espaço para fazer programas sexuais.

Ao ser interrogada pelos policiais, a vítima informou que foi aliciada por um homem através de uma rede social e, posteriormente, via WhatsApp. Ela informou ainda, que o indivíduo ofereceu uma oferta de emprego, cuja função era servir bebidas em uma boate.

Após a jovem aceitar o emprego, o homem arcou com todas as despesas do deslocamento de Campo Grande até Anastácio e quando chegou no local foi informada pelo gerente da boate que, além de servir bebidas, teria que fazer programas sexuais.

Logo após a recusa, o gerente do estabelecimento disse que a vítima só poderia ir embora mediante pagamento de R$ 450, referente ao valor gasto com o deslocamento e estadia da jovem e que, por diversas vezes, determinou que a vítima se arrumasse para atender os clientes. A vítima, então, entrou em contato com a mãe, que acionou a Polícia Militar.

Diante do exposto, a vítima foi socorrida e o autor detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para as devidas providências.

Fonte: TOP MíDIA NEWS/ELIZEU RIBEIRO

.


Data: 08/06/2022