Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on google
Share on whatsapp

Beto Pereira pede ao Ministério da Saúde mais recursos para o hospital de Aquidauana

O deputado Beto Pereira (PSDB) levou o prefeito de Aquidauana, Odilon Ribeiro, para uma audiência com o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. A reunião aconteceu nesta quarta-feira (15) e o prefeito apresentou os números de atendimentos do Hospital Regional Doutor Estácio Muniz para solicitar o aumento de recursos a serem repassados para atenção especializada.

O ministro Mandetta se comprometeu com o parlamentar em atender o pleito.  “Vamos levantar a situação do município e fazer todos os esforços para adequar o valor do repasse ao número de atendimentos efetivamente prestados”, disse.

Cidade polo em saúde

Hoje, Aquidauana já atende pacientes de Jardim, Anastácio, Guia Lopes da Laguna, Bodoquena e Dois Irmãos do Buriti. “Realizamos muito mais procedimentos de pacientes de outros municípios, que os acordados. Às vezes, realizamos 30 partos por mês e recebemos o valor equivalente a três”, explicou o prefeito Odilon.

Aumento de recursos

Beto Pereira também participou, junto com o prefeito, de uma reunião técnica com a diretora do Departamento de Regulação e Avaliação de Sistemas do Ministério da Saúde, Cleusa Bernardo. Na reunião, a diretora se comprometeu em verificar o número atualizado no sistema da Pasta, que registra os procedimentos realizados e tomará as providências para aumentar o teto de recursos. Cleuza Bernardo indicou também a possibilidade de novos valores.

“Aquidauana faz o atendimento a saúde indígena, mas não está habilitada para receber os valores referentes a esta finalidade. A habilitação pode significar um repasse de mais de R$ 150 mil por ano”, afirmou Cleuza.

“Vamos fazer todos os esforços para que Aquidauana receba recursos adequados para o atendimento em saúde. Aquidauana se esforça para atender bem os pacientes da cidade e de municípios vizinhos. Essa correção é justa e é um recurso que pode salvar muitas vidas”, finalizou Beto Pereira.

Fonte:Beto Pereira-15-05-2019