Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on google
Share on whatsapp

Mulher é multada em R$ 10 mil por erosão que atingiu o lençol freático

Uma mulher de 51 anos foi autuada administrativamente e multada em R$ 10 mil por crime ambiental em Coronel Sapucaia. Na propriedade rural dela, naquele município, equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) localizou na quinta-feira (13) diversas erosões por ravinas e voçorocas e outras degradações ambientais por falta de conservação do solo, inclusive, em áreas protegidas de preservação permanente (APP).

Além da multa, ela responderá por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente, cuja pena prevista é de um a três anos de detenção. A infratora foi notificada a apresentar junto ao órgão Ambiental Estadual um Plano de Recuperação de Área Degradada e Alterada (PRADA).

Segundo a PMA, o flagrante ocorreu durante fiscalização em uma propriedade rural no município de Coronel Sapucaia, localizada a 40 km da cidade.

A corporação cita que uma voçoroca era tão profunda que atingiu o lençol freático, bem como áreas protegidas de nascentes e matas ciliares, causando assoreamento de mananciais na propriedade.

“A falta de conservação do solo na fazenda fez com que ocorressem os processos erosivos e fossem carreados sedimentos, causando principalmente o assoreamento de um curso d’água que corta a propriedade. O gado bovino tinha acesso as áreas protegidas, o que contribuiu com os processos erosivos”, detalhou a PMA.

Fonte:DouradosNews