Home Noticias Peixe na rede! Operação Fronteira prende pistoleiro do crime organizado, fazendeira e...

Peixe na rede! Operação Fronteira prende pistoleiro do crime organizado, fazendeira e segurança

0

A “Operação Fronteira Segura 2”, desencadeada ontem (22) pelo Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira como um esforço integrado das Forças de Segurança da Fronteira Sudoeste de Mato Grosso do Sul, tirou de circulação um pistoleiro a serviço do crime organizado e prendeu uma fazendeira e seu segurança por porte de arma de fogo de uso restrito.

O pistoleiro foi identificado como Hector Luis Perez Fernandez, 44 anos, que é considerado pelas forças de segurança paraguaias como matador profissional acusado de uma série de assassinatos encomendados pelo crime organizado. Ele foi preso entre as cidades de Capitán Bado, no Paraguai, e Coronel Sapucaia, em Mato Grosso do Sul.

Ele era integrante da Polícia Nacional do Paraguai e estava escondido em uma propriedade rural situada na região de fronteira, sendo localizado durante a ação conjunta entre os policiais paraguaios e sul-mato-grossenses na “Operação Fronteira Segura 2”.

Informações indicam que Hector Luís estava armado com duas pistolas, mas não esboçou reação. Ele era procurado por ordem da Justiça do país vizinho por pelo menos cinco assassinatos. Entretanto, ele é suspeito de ligação com vários outros homicídios, praticados mediante pagamento em dinheiro.

O delegado-regional adjunto da Polícia Civil em Ponta Porã, Mikail Faria, que comandou a equipe de policiais de Mato Grosso do Sul, disse que Hector estava escondido em uma chácara na linha internacional e foi entregue aos policiais paraguaios.

Já fazendeira e o segurança foram presos na região de Ponta Porã (MS) quando transitavam a bordo de uma caminhonete Dodge Ram blindada, cor preta, placa paraguaia, pela MS-386, nas proximidades do posto de fiscalização Maemi. Na revista, foi encontrada uma pistola da marca Glock com dois carregadores, sendo uma adaptado para uma maior quantidade de munição.

Eles receberam voz de prisão por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e munição e foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Ponta Porã para os procedimentos de rigor e posteriormente será encaminhada a Justiça Federal para a Audiência de custódias.

Ao longo do dia, a operação foi desencadeada em toda a faixa de fronteira visando o combate aos crimes transfronteiriços. Nas áreas urbanas o objetivo principal da ação é diminuir a violência urbana, ordenar o trânsito e capturar foragidos da justiça.

Nas rodovias federais e estaduais, o combate ao tráfico de drogas, armamento ilegal, roubo de veículos, descaminho e contrabando. Já nas primeiras horas após iniciada a operação apreendeu duas carretas com placas paraguaias carregada de arroz a granel transportando cinco toneladas de maconha pela MS-164.

Ainda nas primeiras horas de ontem, a Polícia Militar Rodoviária apreendeu 4,4 quilos de cocaína na MS-164, que estava sendo transportado em um veículo que utilizava placa de Campo Grande, e realizou a apreensão de 1.274 quilos de maconha nas proximidades da BR-463, que era transportada em uma caminhonete roubada do Estado de São Paulo.

 

Deixe Sua Opinião ! Aviso: As opiniões São de Inteira Responsabilidade dos Autores e não representam a opinião do site Bela Vista MSNEWS. É Vedada a inserção de comentários violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, apos identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.