Policial campo-grandense morta em assalto é sepultada em Chapecó

Corpo da policial militar Caroline Plescht, 32 anos, natural de Campo Grande e que morreu em assalto a uma pizzaria em Natal (RN), foi enterrado hoje em Chapecó, em Santa Catarina, onde ela morava desde criança.

Caroline e seu esposo, o sargento da PM Marcos Paulo da Cruz, 43 anos, passavam férias na cidade e estava em uma pizzaria quando criminosos invadiram o local e, durante o roubo, atiraram nos dois.

Policiais foram socorridos e encaminhados ao pronto-socorro. Caroline não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital e o sargento permanece internado.

Na noite de ontem, o corpo da policial foi levado para Chapecó, onde ela era lotada, e velório foi iniciado por volta das 22h. Ela foi sepultada usando o uniforme de trabalho, conforme era seu desejo.

Cerimônia de despedida começou às 9h de hoje. Antes do sepultamento, houve salva de tiros por policiais militares mulheres. Enterro foi às 11h.

Caroline nasceu em Campo Grande, mas morava em Chapecó desde criança. Ela ingressou na corporação em 2013 e o casal trabalhava no 2º Batalhão de Polícia Militar da Fronteira, no oeste catarinense.

Polícia Civil investiga o crime e policiais militares de Santa Catarina estão em Natal acompanhando a recuperação do sargento.

Fonte;Correio do Estado/30/03/2018

Deixe Sua Opinião ! Aviso: As opiniões São de Inteira Responsabilidade dos Autores e não representam a opinião do site Bela Vista MSNEWS. É Vedada a inserção de comentários violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, apos identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.