Homem acusado de matar mulher é preso em Tangará da Serra pela PM com investigações da PC

CRIME BÁRBARO – O acusado como autor de um feminicídio, um crime bárbaro e covarde ocorrido no município de Tangará da Serra (Médio Norte, a 280 quilômetros de Cuiabá), foi preso na manhã desta nesta terça-feira, 04, em cumprimento à prisão preventiva representada após investigações de policiais da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) e cumprido pela Polícia Militar (PM). O mandado foi expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Tangará da Serra.

O acusado é Renato Almeida da Silva, de 45 anos, indiciado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Tangará da Serra pelo crime de feminicídio. Ele é acusado de assassinar sua companheira Janice Oliveira dos Santos Almeida, de 30 anos.

O crime aconteceu no dia 12 de outubro deste ano, em uma quitinete no bairro Alto da Boa Vista. A vítima foi socorrida e hospitalizada com lesões no rosto, tratado como trauma no crânio encefálico gravíssimo, múltiplas fraturas no crânio frontal, sangramento pelo ouvido e correndo risco de óbito.

Na ocasião, Janice foi transferida para o Pronto Socorro de Cuiabá, onde morreu no dia 25 de novembro.

Conforme a delegada Liliane Soares Diogo, várias testemunhas foram ouvidas, bem como o próprio suspeito. No interrogatório, alegou que Janice havia pegado um tijolo e machucado a perna do companheiro, o qual “para se defender” revidou pegando o mesmo tijolo e desferindo  na cabeça da vítima.

“Porém o resultado da perícia apontou a existência de sangue no muro, indicando que o agressor bateu a cabeça da vítima por diversas vezes ali. Também foram encontrados vestígios de sangue e cabelo da vítima no tijolo usado para atingi-la”, contou a delegada Liliane Soares Diogo.

Diante dos fatos, a Polícia Civil representou pelo pedido de prisão preventiva do autor. Renato Almeida da Silva foi detido pela Polícia Militar na manhã desta terça-feira, quando saía do seu local de trabalho.

O preso foi conduzido para Delegacia de Polícia e, posteriormente, levado à unidade prisional da região.

Fonte;

Da Redação/Com Assessoria – PJC-MT | 04/12/2018
Deixe Sua Opinião ! Aviso: As opiniões São de Inteira Responsabilidade dos Autores e não representam a opinião do site Bela Vista MSNEWS. É Vedada a inserção de comentários violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, apos identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *