Policia Civil de Nova Alvorada do Sul, prende homem que esfaqueou mulher e tentou invadir hospital

Kelvin Pinheiro 26, foi preso na manhã desta quinta-feira (06) por agentes da Policia Civil delegacia de Nova Alvorada do Sul, ele é suspeito de esfaquear uma mulher de 50 anos em Rio Brilhante em 13 de setembro deste ano no bairro Nova Esperança em Rio Brilhante. O homem estava com mandado de prisão em aberto expedido pela Vara Criminal desta comarca acusado de tentativa de feminicídio.

O suspeito foi flagrado na manhã de hoje por policiais civil nas proximidades do Supermercado D’kasa , após abordagem e checagem do nome o mesmo deu nome falso ao perguntar a filiação veio a entrar em contradição, foi descoberto mandado de prisão. Levado a delegacia de Nova Alvorada do Sul, Kelvin que tem varias passagens pela Polícia foi recolhido em uma das celas e esta a disposição da justiça.

O CRIME

Na tarde de 13 de setembro, a vítima, uma mulher de 50 anos com que o suspeito tinha um relacionamento foi atingida com um golpe de faca na barriga depois de uma discussão entre o casal. Após o crime a mulher foi socorrida ao hospital local e o homem fugiu.

Devido à gravidade do ferimento a mulher precisou ser transferida para um hospital de Dourados onde passou por cirurgia e depois retornou para o hospital de Rio Brilhante.


Homem tentou chegar até leito da vítima (Foto, Rio Brilhante em Tempo Real)

Ao tomar conhecimento de que a vítima estava no local, o home foi flagrado por um segurança do hospital na noite de 20 de setembro, uma semana depois do esfaqueamento tentando invadi a unidade hospitalar e chegar até o quarto onde estava a mulher, ao ser visto o suspeito deixou o local pulando o muro dos fundos do hospital. Após esse episódio A mulher recebeu alta.

Por:Rio Brilhante tempo Real/Olimar Gamarra/06/12/2018

Deixe Sua Opinião ! Aviso: As opiniões São de Inteira Responsabilidade dos Autores e não representam a opinião do site Bela Vista MSNEWS. É Vedada a inserção de comentários violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, apos identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *