Palmeiras bate o Mirassol e segue com seis vitórias consecutivas no Paulistão

O Palmeiras venceu o Mirassol por 2 a 0 na noite deste sábado de Carnaval, na cidade do interior paulista, e chegou à sexta vitória seguida no Campeonato Paulista. Borja marcou ainda no primeiro tempo para o Verdão e acabou sofrendo pênalti depois do intervalo. O resultado foi mais um golasso marcado por Dudu.

Segundo o GloboEsporte, a partida deste sábado foi a primeira do Verdão em Mirassol depois da histórica goleada sofrida em março de 2013, por 6 a 2.

Ao fim da sexta rodada, metade da primeira fase, Palmeiras lidera o Grupo C com o dobro de pontos do segundo colocado, o São Bento. O Mirassol não conseguiu sair da lanterna do Grupo D.

O Palmeiras volta a campo contra o Linense na quinta-feira (15), às 20h, no estádio Allianz Parque.

O Jogo – Conforme divulgado no site oficial do Verdão, o time deu início à partida em ritmo cadenciado, trabalhando bem a posse de bola e visando a criação de jogadas promissoras. A principal novidade no time foi a escalação de Michel Bastos para a lateral esquerda, no lugar de Victor Luis (que vinha atuando constantemente na posição).

Nos minutos iniciais, o time da casa até conseguiu exercer certa pressão sobre o Palmeiras, se impondo no campo ofensivo. O maior susto veio aos 21, quando Baggio aproveitou rebote de uma grande defesa de Jailson. Por sorte, Lucas Lima estava em cima da linha para salvar o Palmeiras daquilo que seria um gol certo.

Poucos minutos depois, aos 23, foi a vez do Verdão atacar e dar trabalho para a defesa do Mirassol. Frente a frente com o goleiro, Borja aproveitou a assistência de Lucas Lima e não desperdiçou a chance, batendo de pé direito com muita força.

Com a vantagem no placar, o Verdão administrou o resultado e ainda criou algumas chances ao longo da etapa inicial com Dudu e Willian. Felipe Melo também se destacou nos primeiros 45 minutos pelos desarmes e passes aos companheiros, além de um belo drible em seu marcador, afastando o perigo com categoria.

No segundo tempo, o Verdão voltou com o mesmo time da etapa anterior, e continuou investindo na posse de bola e nas jogadas ensaiadas, enquanto o adversário se manteve na retaguarda, trancando na defesa.

E dessa forma o segundo tempo se encaminhou quase por completo. As substituições vieram em momentos distintos da partida: aos 21, Keno entrou no lugar de Willian. Aos 27 minutos, foi a vez de Gustavo Scarpa entrar no lugar de Lucas Lima.

Com domínio pleno portanto, durante toda a segunda etapa, o Palmeiras ainda sofreu um pênalti aos 40 minutos, que foi convertido pelo capitão Dudu. O dono da camisa 7 balançou as redes pela segunda vez na temporada.

Dessa forma, o Alviverde segurou a vitória fora de casa, e ainda deu tempo de Tchê Tchê, que completou 100 jogos, sair aos 44 minutos para entrar Thiago Santos, que curiosamente também chegou à mesma marca do camisa 8 diante do Mirassol.

FONTE;Campograndenews/10/02/2018

Deixe Sua Opinião ! Aviso: As opiniões São de Inteira Responsabilidade dos Autores e não representam a opinião do site Bela Vista MSNEWS. É Vedada a inserção de comentários violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, apos identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *