Morre segundo suspeito de envolvimento na morte de policial civil

Roney Marques de Souza, 23 anos, baleado durante confronto com policiais morreu na madrugada desta segunda-feira (12), no Hospital Regional de Ponta Porã. A troca de tiros ocorreu durante uma abordagem, em que o comparsa dele identificado como Kleber, vulgo Klebinho, de Presidente Prudente (SP), acabou morto.

Além dos dois, Joaquim Vinicius Miranda Borges, de 24 anos, e Delton da Silva Santino, de 54 anos, que estão presos, são suspeitos de envolvimento na morte do investigador Wescley Vasconcelos, executado a tiros de fuzil na terça-feira (6), em Ponta Porã.

 

Kleber e Roney foram baleados no sábado (10) quando policiais foram até uma casa na Rua Tamareira, esquina com a Xavante, no bairro Residencial Ponta Porã I. No local foi encontrado um fuzil AK 47 carregado e uma pistola Glock 9mm com carregador alterado para mais disparos. As armas foram apreendidas.

 

De acordo com o delegado responsável no caso, Lucas Caires, chefe do 1º DP, as investigações a respeito da morte dopolicial Civil Wescley Vasconcelos continuam.

Fonte;

Capital News/12/03/2018

 

Deixe Sua Opinião ! Aviso: As opiniões São de Inteira Responsabilidade dos Autores e não representam a opinião do site Bela Vista MSNEWS. É Vedada a inserção de comentários violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, apos identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *