80 mil doses de vacina contra febre amarela estão disponíveis

80 mil doses de vacina contra febre amarela estão disponíveis

Embora Mato Grosso do Sul não tenha nenhum caso confirmado de febre amarela, a Secretaria de Saúde recomenda a imunização de todos que não tomaram a vacina. 80 mil doses estão disponíveis para a população.

 

A vacinação é recomendada para maiores de 9 meses e menores de 60 anos. Antigamente, era preciso tomar a vacina a cada dez anos. Agora, basta receber uma dose para ficar imunizado durante toda a vida.

 

Devido ao número de doses, não foi necessário implantar a vacinação fracionada, como acontece na Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo. A gerente técnica de doenças endêmicas, Livia de Mello Almeida Maziero, explica que “as doses são suficientes. Boa parte da população já foi imunizada e todos os municípios que solicitaram foram abastecidos”.

 

Febre Amarela

A doença é transmitida por um mosquito, que pica pessoas e macacos. Os sintomas da doença são febre, dor de cabeça, náusea,amarelamento da pele, dores no corpo, calafrio, perda de apetite, olhos amarelados e sangramento.

 

Primatas

Em 2017, seis macacos foram encontrados mortos em Mato Grosso do Sul, mas os resultados foram negativos para a doença. Dois primatas foram encontrados em Campo Grande, dois em Corumbá, um em Dourados e um em Ladário.

 

A gerente técnica de zoonoses da Secretaria Estadual de Saúde, Stephanie Lins, orienta que no caso de encontrar um primata morto, não se deve mexer no animal.

 

São Paulo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) passou a considerar todo o estado de São Paulo como área de risco de febre amarela, nesta terça-feira (16).  Foram confirmadas 21 mortes pela doença desde janeiro de 2017. A recomendação é tomar a vacina para todos os viajantes que vão para qualquer cidade paulista.

Esthéfanie Vila Maior
Capital News/16/01/2018

 

Sobre o Autor

Autor administrator

Deixe uma resposta