Vasco vira sobre o Atlético-MG na estreia

O ditado popular diz que a “voz do povo é a voz de Deus”. Aí, vai da crença de cada um, mas neste domingo, em São Januário, a torcida do Vasco demonstrou ter certa razão. Pediu a entrada de Rildo e o atacante, que voltava de luxação de ombro, entrou e sofreu o pênalti já nos acréscimos, que garantiu a virada cruz-maltina sobre o Atlético-MG, na estreia do Brasileiro. Otero abriu o placar para o Galo ainda no primeiro tempo e, depois dos 40 minutos do segundo tempo, Wagner e Pikachu asseguraram os três pontos, fazendo o Caldeirão explodir: 2 a 1.

POUCAS MUDANÇAS 
Os técnicos Zé Ricardo e Thiago Larghi fizeram poucas mudanças para o jogo. Do lado vascaíno, Werley na vaga de Erazo (emprestado pelo Atlético-MG) e Evander. No Galo, Bremer na vaga de Léo Silva e Blanco para a de Adilson. 

O Vasco começou melhor e criou chances, mas o Atlético-MG tinha Otero. No primeiro lance de ataque do time mineiro, o venezuelano arriscou da intermediária e acertou o ângulo direito de Martin Silva, que pareceu não ter acreditado muito na finalização.

POUCAS MUDANÇAS 
Os técnicos Zé Ricardo e Thiago Larghi fizeram poucas mudanças para o jogo. Do lado vascaíno, Werley na vaga de Erazo (emprestado pelo Atlético-MG) e Evander. No Galo, Bremer na vaga de Léo Silva e Blanco para a de Adilson.

NA GAVETA 
O Vasco começou melhor e criou chances, mas o Atlético-MG tinha Otero. No primeiro lance de ataque do time mineiro, o venezuelano arriscou da intermediária e acertou o ângulo direito de Martin Silva, que pareceu não ter acreditado muito na finalização.

PRESSÃO MINEIRA 
Após o gol, Atético-MG passou a comandar as ações e esteve perto de ampliar – Gustavo Blanco carimbou a trave. A atuação do Vasco causou a ira da torcida, que esboçou vaias.

TROCOU 
Zé Ricardo, então, sacou Thiago Galhardo, Rildo e Ríos do banco. O Vasco melhorou e passou a pressionar o Atlético-MG.

EMPATE E ESPERANÇA 
Depois de tanta insistência, o empate. Após bate e rebate na área, já nos minutos finais do confronto, a bola sobrou para Wagner, que mandou no canto esquerdo de Victor, que vinha tendo boa atuação.

APREENSÃO 
Nos acréscimos, um susto. Fabio Santos e Thiago Galhardo disputaram a bola pelo alto e o vascaíno caiu desacordado.

EXPLODIU O CALDEIRÃO 
Muito perto do fim, Rildo invadiu a área pela esquerda e foi derrubado. Pênalti! Na cobrança, Pikachu bateu e garantiu a virada.

FICHA TÉCNICA
VASCO 2X1 ATLÉTICO-MG

Estádio: São Januário, no Rio de Janeirov (RJ)
Data-hora: 15/04/2018, às 16h
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Público e Renda: 7.197 presentes, 6.349 pagantes e R$ 176.600,00

Cartões amarelos: Evander, Henrique, Ríos, Rildo (VAS) (VIT); Bremer, Yago, Fabio Santos (ATL)
Cartão vermelho: Éverton Ribeiro (FLA)

Gols: Otero (0-1, 12’/1ºT), Wagner (1-1, 41’/1ºT), Pikachu (53’/2ºT)

VASCO: Martín Silva, Rafael Galhardo (Rildo – 10’/2ºT), Paulão, Werley e Henrique; Wellington (Andrés Ríos – 18’/2ºT), Desábato, Evander, Wagner, Yago Pikachu e Riascos (Thiago Galhardo – 18’/2ºT)

ATLÉTICO-MG: Victor, Patric, Bremer, Gabriel e Fabio Santos; Elias, Gustavo Blanco (Yago), Otero (Erik – 37, Cazares (Roger Guedes – 42’/2ºT) e Luan; Ricardo Oliveira

Fonte;24hsnews/15/04/2018

Deixe Sua Opinião ! Aviso: As opiniões São de Inteira Responsabilidade dos Autores e não representam a opinião do site Bela Vista MSNEWS. É Vedada a inserção de comentários violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, apos identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *