Montador mexe com mulheres em escola e apanha antes de ser preso

Um montador de 40 anos foi preso em uma escola municipal da Vila Taquarussu, região sul de Campo Grande, após tentar revidar em guardas civis municipais as agressões sofridas por populares.

Ele foi flagrado mexendo com mulheres na frente do centro de ensino, chegando até mesmo a tentar apalmar algumas das vítimas do assédio.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga. Segundo o boletim de ocorrência, o suspeito estava ousado. Dizia palavras de baixo calão e ainda ameaçava as mulheres de estupro.

Foi o suficiente para revoltar um grupo de moradores que presenciava. incrédulo, a atitude do montador e resolveu tirar satisfações. Diante da audácia do suspeito, as agressões começaram.

O montador até tentou correr para dentro da escola e só evitou com que algo pior acontecesse graças à chegada de uma equipe da Guarda Civil Municipal, que apartou os agressores.

Caso solucionado? Longe disso. Revoltado por ter apanhado, o suspeito quis descontar as agressões contra os guardas, tendo de ser contido e algemado. Acabou indiciado por desacato e resistência.

A Polícia Civil investiga agora se o suspeito tinha como hábito mexer com as mulheres da região e se há indícios de violência sexual concretizada.

Fonte;Correio do Estado/10/05/2018

Deixe Sua Opinião ! Aviso: As opiniões São de Inteira Responsabilidade dos Autores e não representam a opinião do site Bela Vista MSNEWS. É Vedada a inserção de comentários violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, apos identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *