13/06/2021

Acusado de matar homem a paulada disse que foi ameaçado por vítima

À Polícia, Antônio da Silva Roa de 44 anos, acusado de matar a pauladas Aparecido Ferreira de Souza de 43 anos e ferir Antônio Rodrigues, 49 anos, nesta madrugada (20) no assentamento Triângulo em Rio Brilhante, cidade a 163 km de Campo Grande, disse que agrediu as vítimas após ser ameaçado por ambas durante uma discussão.

A vítima foi encontrada morta em cima da cama no quarto e com ferimento na testa. Conforme testemunhas relataram aos policiais, na noite de ontem havia três homens e uma mulher na residência. Informaram ainda que era comum pessoas se reunirem no imóvel para ingerir bebida alcoólica.

Suspeito usou pedaço de madeira de eucalipto para matar e agredir vítimas (Foto: Direto das Ruas)
Segundo consta no boletim de ocorrência, Antônio disse que teve medo das ameaças se concretizarem e utilizou um pedaço de madeira de eucalipto de 67 cm para agredir as vítimas.

A mulher de 46 anos que estava no local e presenciou o crime foi localizada e presa.

Crime- A polícia encontrou o suspeito caminhando pela rodovia. Ao ser abordado o homem contou que vinha do assentamento e confessou o crime. Ele ainda mostrou onde jogou o pedaço de madeira.

O outro homem ferido, foi socorrido e encaminhado ao hospital da cidade. Dentro da casa foram encontradas várias garrafas de bebidas alcoólicas.

Antônio e a mulher foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante.

Fonte:CAMPO GRANDE NEWS

(Foto: Direto das Ruas