30/11/2021

ajor, acusado de estuprar enteadas é expulso da Polícia Militar

Francisco Ferreira de Almeida Filho é agora ex-major da Polícia Militar de Mato Grosso. Ele foi expulso da corporação, por decisão do governador Pedro Taques (PSDB), por ter sido acusado de estuprar duas de suas enteadas, quando chegou a ser preso. A expulsão foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), que circula nesta terça-feira (25), atendendo Processo Administrativo Disciplinar (PAD) (…), a qual considerou o referido militar CULPADO da acusação que lhe foi imputada”.

Em seu depoimento, uma das vítimas relatou que o padrasto a levava a motéis de Cuiabá e a constrangia com ameaças e emprego de arma de fogo. Ela contou que durante os atos sexuais, o padrasto a dopada com bebidas alcoólicas e realizava filmagens das cenas de sexo.

Em maio de 2012, o major foi preso por conta do crime. Também foram feitas buscas e apreensões em três residências nos bairros Pedra 90, Jardim Presidente II, e Tijucal, onde o suspeito possuía pertences. Nos locais foram apreendidos mais 90 CDs e DVDs, CPUs, pedrives, cartão de memória e máquinas fotográficas.

A mãe das garotas disse que desconhecia a violência que o marido praticava com as filhas.

Fonte;

Redação 24 Horas News | 25/09/2018