01/12/2021

Alvo de atentado trabalha com cobrança de dívidas

O motorista de 36 anos ferido a tiros na manhã desta sexta-feira (2), na Gunter Hans, em Campo Grande trabalharia como cobrador de dinheiro, segundo testemunhas que estavam no local do crime.
Testemunhas falaram para a equipe do Jornal Midiamax, que o motorista Salem Pereira Vieira fazia o serviço de cobranças de valores para algumas pessoas, na cidade. Imagens de câmeras de segurança próximo onde aconteceu o crime foram levadas pela polícia para tentar identificar os autores.
Salem estava na companhia da mulher para levar a enteada a escola de educação infantil, na região, quando o crime aconteceu. A mulher dele já estava dentro da instituição de ensino quando foi ferido a tiros, pelo menos dez disparos foram feitos.
Após ser ferido, ele saiu do carro e ainda andou por aproximadamente cinco metros caindo na calçada em frente à escola. O Corpo de Bombeiros foi acionado e a vítima levada para a Santa Casa de Campo Grande.

Como aconteceu

Informações são de que Salem trafegava pela Rua Jaime Pereira Barbosa quando um outro carro, de cor preta, parou ao lado e o ocupante efetuou disparos atingindo a vítima, na região lombar, pescoço e peito.
Ele teria descido do carro e andado por aproximadamente cinco metros quando caiu na calçada de uma escola de educação infantil. O Corpo de Bombeiros foi acionado e ele levado para a Santa Casa da cidade. Não há informações de possíveis suspeitos.

Fonte;Midiamax / Camapuã News /02/02/2018