18/10/2021

Ao invadir casa e ser imobilizado com “mata-leão”, jovem apaga e morre

Aos 24 anos, Bruno Queiroz da Silva, 24 anos, morreu após invadir uma casa e ser imobilizado com golpe conhecido como mata-leão. O caso aconteceu na noite desta quinta-feira (9), numa residência localizada na Rua Ana Luíza Serrou, no Bairro Nova Aquidauana.

Conforme o site O Pantaneiro, a Polícia Militar foi acionada para atender ocorrência de invasão à residência e quando chegou ao local encontrou o rapaz caído na cozinha. O corpo de Bombeiros foi acionado e constatou o óbito. O dono da casa contou que Bruno entrou no quintal e tentou pular o muro dos fundos da casa, mas não teve sucesso. Logo depois, foi para a cozinha da residência e, ao ser flagrado, foi para cima do morador, que para se defender aplicou o golpe mata-leão.

Na sequência, o rapaz “apagou” nos braços da testemunha e caiu. Perícia preliminar no corpo apontou que não havia lesão externa ou marcas de esganadura. A suspeita é de que Bruno tenha sofrido uma overdose. Dias antes, na última sexta-feira (3), Bruno havia ferido a golpes de faca um casal durante um surto psicótico.

O fato foi registrado como “morte a esclarecer” na 1ª Delegacia de Polícia de Aquidauana. O delegado titular, Jackson Frederico Vale, comanda as investigações e já solicitou exame necroscópico para descobrir a causa da morte.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS


 

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter