01/08/2021

Avião cai em cima de casa no PA; piloto já foi preso em MT

Foto: Reprodução / TV Liberal

O piloto do avião que caiu em cima de uma casa na manhã desta quarta-feira (13) no bairro do Benguí, em Belém, já foi preso por furto de aeronaves no estado de Mato Grosso. Segundo a Polícia Federal, Bruno Alencar Wachekowski foi detido em 2016 após furtar um avião que pertencia a uma emissora de TV.

No acidente ocorrido em Belém, Bruno sobreviveu à queda da aeronave, mas o co-piloto, Lucas Ernesto Santos e Santos, 24, morreu. A Polícia Civil do Pará informou que os casos dos furtos devem ser incorporados ao inquérito do acidente.

Prisão

A prisão de Bruno foi em maio de 2016. Na ocasião, ele e mais dois suspeitos teriam furtado um avião, modelo Cessna C210, prefixo PT-JKX de uma emissora de TV da cidade de Varzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. O avião furtado caiu em uma fazenda na Bolívia. Na época, a Polícia Federal suspeitou que a aeronave fosse usada para transporte de drogas.

Os três suspeitos foram reconhecidos pela PF por câmeras de segurança instaladas no aeroporto Internacional Marechal Rondon, de Várzea Grande, que permitiram aos policiais identificarem o táxi usado pelos suspeitos para chegarem ao hangar. Por conta do incidente, Bruno e os outros dois suspeitos respondem processo na justiça boliviana.

Acidente em Belém

A aeronave caiu por volta das 12h dentro de uma residência na rua Ferreira Filho, próximo a um residencial do bairro. Além dos integrantes do avião, uma terceira vítima que era vigilante e estava na residência onde o avião caiu, ficou ferida.

A matrícula do avião é PT-JIC, modelo Cessna Aircraft 210L. O monomotor e podia transportar até cinco pessoas. Ele era particular. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a Inspeção Anual de Manutenção e o Certificado de Aeronavegabilidade da aeronave estavam em dia.

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter