22/06/2021

Casos de transtorno de ansiedade tem aumentado por conta da pandemia, diz psicóloga de Caarapó

Um levantamento feito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) apontou que a pandemia fez os casos de transtorno de ansiedade aumentarem em 80%. Com base nisso a psicóloga de Caarapó, Claudiane Dias, enviou para a redação do CaarapoNews um texto com algumas recomendações sobre o fato.

“Estamos vivendo um momento histórico, ao mesmo tempo, angustiante e triste para qualquer ser humano. Apesar de todas as recomendações para o combate ao Coronavírus, usando máscaras, álcool gel, diminuído ou até anulando o convívio social, tudo para cuidar da nossa saúde física, todavia é preciso lembrar da nossa saúde mental. O aspecto emocional também precisa ser trabalhado e fortalecido, pois muitas pessoas estão desenvolvendo crises de ansiedade ou pânico devido à instabilidade causada pela pandemia”, explicou Claudiane.

“As pessoas podem sofrer de ansiedade quando, por serem muito ativas, não conseguem lidar com o fato de precisarem ficar em casa. Outros casos são os das pessoas que acabam tendo uma piora da saúde mental, pois já possuem algum tipo de problema emocional e, de repente, se vêem vivendo no meio desse caos social, econômico e político”, disse a psicóloga.

Conforme Claudiane geralmente as crises de medo, ansiedade, pânico, não duram muito tempo, mas é suficiente para desestabilizar quem está passando por ela e, também, quem está a sua volta. Mas a boa notícia é que todos esses sentimentos podem ser amenizados através de algumas dicas.

· Descubra os gatilhos que geram essa crise – notícias compartilhadas pelo WhatsApp ou em canais de televisão, pessoas negativas que só falam em doenças, morte e tragédia. Identifique o gatilho e afaste-se deles;

· Concentre-se no seu agora – coloque energia naquilo que você tem controle nesse momento, ou seja, sobre o seu presente. Aproveite para estar com sua família, ler um livro, assistir um filme, contar uma história para seus filhos, tornando assim cada momento único e importante;

·   Pratique a resiliência – reflita sobre as dificuldades enfrentadas e o que pode aprender com elas, ressignifique sua experiência;

·   Cuide de seu corpo – atividades físicas são importantes para evitar estresse e diminuir a ansiedade;

·   Crie uma rotina de trabalho e autocuidado – estabeleça hábitos diários e procure realizar atividades prazerosas e significativas, isso ajudará o dia a acontecer de um jeito mais organizado e tranquilo.

“Se você sente dificuldade em lidar sozinho com esta situação a qual estamos vivendo, ou conhece alguém nesta condição, procure ajuda, o Psicólogo e um profissional habilitado para tratar de questões psíquicas e mentais e a psicoterapia é uma grande aliada em diferentes momentos de nossas vidas e agora não poderia ser diferente”, salientou a psicóloga.

“Por isso, ao menor sinal de problemas e sofrimentos psicológicos, não hesite em procurar ajuda. Afinal, só há um caminho para superarmos tudo o que está acontecendo: lutando juntos e tendo empatia, adquirindo a capacidade de pensar nos outros, e não só em nós mesmos”, finalizou Claudiane Dias.

O consultório da psicóloga Claudiane Dias está localizado na Avenida Dom Pedro II, 419 – Caarapó – Galeria Adonai (Sala 6). O telefone para contato é o (67) 9 9861-4801.

Fonte:CAARAPONEWS