21/06/2021

Comunicado à Imprensa

Desde o último dia 7/09, diversos veículos de comunicação de Piracicaba e região divulgaram matérias a respeito de uma idosa que teria sido mantida por 20 dias em cárcere privado por um corretor de imóveis.

Embora nenhum jornal ou portal de notícias tenha informado o nome do corretor, tomamos as devidas providências no intuito de investigar sua identidade e confirmar sua profissão. Após consulta, verificamos que a pessoa envolvida não é inscrita neste Conselho e nem tão pouco está registrada no Boletim de Ocorrência qualquer menção ao exercício da atividade de corretor de imóveis. Ao contrário, em sua qualificação consta a profissão de escriturário.

Ao que tudo indica, ocorreu um grave equívoco por parte dos meios de comunicação, fato que provocou grande sensibilização à categoria de corretores de imóveis, pelo envolvimento em situação que tanto denigre a imagem desses profissionais.

Assim sendo, solicitamos que os respectivos veículos que noticiaram a ocorrência retifiquem a informação com o intuito de esclarecer a sociedade e reafirmar seu compromisso com a verdade dos fatos.

Certos de suas breves providências, firmamo-nos,

Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo

Fonte;

Sonia Servilheira
Departamento de Comunicação – CRECISP
Chefe de Departamento