22/06/2021

Polícia Militar prendeu ontem, em Campo Grande, quatro suspeitos de organizar “tribunal do crime”

Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar prendeu ontem, em Campo Grande, quatro suspeitos de organizar “tribunal do crime” para julgar um jovem de 19 anos em residência no Bairro São Jorge da Lagoa. Os autores, João Batista dos Santos, Luis Alberto Ribeiro Pereira, Lucas Romário dos Santos e Higor Ferdinando de Almeida seriam ligados à facção Primeiro Comando da Capital (PCC), que age dentro e fora dos presídio em todo o país.

Conforme apurado, denúncia anônima informou aos policiais que havia grupo suspeito na residência localizada na Alameda do Café. Quando os policiais chegaram ao local, ouviram indivíduos dizendo que uma pessoa que ela deveria confessar, caso contrário seria morta. Diante dos fatos, os policiais entraram no local e flagraram os quatro autores e a vítima.

Os suspeitos respondem por crimes com cárcere privado, organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo. Todos os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga, onde negaram o tribunal do crime. Eles disseram que estava no local apenas para usar drogas. A vítima, talvez por medo de retaliação, também negou que os demais tentavam matá-la. O caso é investigado.

Fonte;CORREIO DO ESTADO – 22/06/2018