13/06/2021

“Debochavam de mim”, diz homem que jogou coquetel molotov em emissoras

A Polícia Civil apresentou nesta quarta-feira (21) o homem suspeito de ter arremessado dois coquetéis molotov em duas emissoras de Curitiba. Jeremias de Oliveira da Silva, 33 anos, primeiro jogou o artefato na recepção da TV Band, no bairro Pilarzinho, na última quinta-feira (15). Na ocasião, o segurança do local teve queimaduras e foi socorrido.

Já nesta terça-feira (20), o suspeito entrou na recepção das rádios 98FM e Mundo Livre FM, no bairro Mercês, e jogou o explosivo, mas ninguém ficou ferido.

O homem foi encontrado em um terreno baldio, no bairro Pilarzinho, mas durante a abordagem policial negou que tinha jogado o coquetel molotov. Após os policiais falarem que tinham imagens das câmeras de segurança ele confessou.

Durante a apresentação do suspeito, ele disse que arremessou os artefatos porque foi humilhado pelas emissoras. “Riam e debochavam de mim no ar”, disse Jeremias. Ele contou ainda que fez o coquetel molotov com álcool.

O homem é morador de rua e disse que não é usuário de drogas. De acordo com a Polícia Civil, ele vai responder por tentativa de homicídio e crime de incêndio na modalidade continuada, já que os dois crimes foram semelhantes.

Sobre as acusações de que o suspeito foi humilhado, a Polícia Civil informou que, a princípio, foram apenas desculpas pelas atitudes dele.

 Fonte;Rede Massa/21/02/2018