18/10/2021

Dívida teria motivado o assassinato brutal do casal e filho em fazenda

Um homem de 44 anos foi preso ainda na sexta suspeito de ser o autor do triplo homicídio.
Os corpos serão enterrados às 16h desta segunda (12) no cemitério Bom Jardim em Marechal Cândido Rondon.
A Polícia Civil informou que o município paranaense é o local de nascimento de Loraci Matthes.
Depoimento
Em depoimento oficial à Polícia Civil, o suspeito, Arno Cabral Filho, de 44 anos, ficou calado.
Ele foi ouvido no sábado, segundo a defesa dele, feita pelo advogados Diego Rossi Moretti e Jonas de Oliveira.
Em nota, a defesa afirma que “esteve presente em todos os depoimentos prestados pelo investigado, e que em nenhum momento este confessou a prática dos crimes”.
Porém, a Polícia Civil informou na sexta (9) que, ao ser levado para delegacia, o suspeito afirmou informalmente que matou a família. Até este domingo, o homem estava no presídio em Lages, na Serra catarinense.
Mortes
A família morava na localidade de Santa Bárbara, no interior de Alfredo Wagner. Loraci Matthes era brasileira e Carlos Tuneu, argentino. O filho era nascido no Brasil.
O Instituto Médico Legal (IML) informou na noite de sexta que o exame preliminar nos corpos indicou que as vítimas foram agredidas com um instrumento contundente, que cause lesões.
A Polícia Militar informou que o crime ocorreu por causa de uma cobrança de dívidas e o suspeito é o devedor, um comerciante da cidade. Ele foi encontrado a cerca de 20 quilômetros de Alfredo Wagner, no município de Bom Retiro.
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo
Fonte:Jornal Metropolitano

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter