20/09/2021

“Eleição que não é limpa não é eleição”, diz Bolsonaro à rádio de MS

O presidente Jair Bolsonaro concedeu entrevista ao vivo sexta-feira (23) à rádio Grande FM, de Dourados. Durante 40 minutos, Bolsonaro repetiu o discurso em defesa do tratamento precoce contra a covid-19 apesar da falta de comprovação científica, afirmou que em seu governo não há corrupção e cobrou voto impresso nas eleições de 2022.

“Eleições que não sejam limpas não são eleições”, respondeu o presidente ao ser perguntado pelo âncora do programa, Farias Junior, sobre a frase recente de Bolsonaro de que pode não haver eleição no ano que vem se o voto impresso for rejeitado pelo Congresso.

“ssa bandeira não é defendida por mim. Sempre foi defendida por 90% dos parlamentares. Por que de uma hora para outra alguns parlamentares mudaram de opinião depois de receber a visita do ministro do STF e presidente do TSE Luís Barroso?”, questionou.

Bolsonaro afirmou que após a visita de Barroso, líderes partidários começaram a trocar membros da Comissão Especial que analisa o voto impresso, que ele chama de “voto auditável”.

“Hoje em dia, se botar em votação, ele [o voto impresso] não passa na comissão”, afirmou o presidente. “Quem é contra eleição transparente? Só quem tem interesses escusos”.

O presidente disse que o voto impresso seria mais uma garantia de eleições sem fraude. “Eu pergunto para vocês aí do Mato Grosso do Sul: se você tiver chance de colocar mais uma fechadura na sua porta para dormir em paz, você botaria essa fechadura ou não? Eu só quero transparência nas eleições”.

Fonte:C.Grande News

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter