23/09/2021

Em Bela Vista, crianças ficam sem transporte escolar no Assentamento Tupaciretan

63a8dc256a41befd9d0141f164995a53d26a0758

senhora Maria, do Assentamento Tupaciretan, município de Bela Vista, afirmando falar em nome de um grupo de mães, procurou a reportagem para reclamar da Prefeitura e da Secretaria de Educação, afirmando que esta deixa de transportar seus filhos e outros alunos para a escola municipal da zona rural.

192840b771a4a74042e26c203e981c51

(Na foto onibus abandonado em oficina em Jardim)

Ela disse que desde setembro não existe transporte escola, que já foi feita reclamação e ate agora a situação não foi resolvida e que agora vão procurar à Promotoria.

 

O relato e que tem alunos que estão andando a pé, de carona, na ida e volta para freqüência à escola. Alguns alunos usam bicicletas e outros dependem dos veículos dos pais e do seu tempo para o transporte.

 

Pais de alunos da zona rural denunciam o descaso no transporte escolar. Moradores do assentamento denunciam que as crianças sofrem para poder chegar à escola. Há dois meses que o transporte escolar não vem atuando, passando dias sem atender a comunidade do assentamento, prejudicando as crianças.

 

De acordo com os moradores, o descaso e total o ônibus que deveria realizar o transporte dos alunos esta estragado em uma oficina na cidade de Jardim, e a alegação e falta de dinheiro para pagar o concerto.

 

A trabalhadora rural contou o seu drama para a reportagem. “Na minha casa temos três crianças, que são matriculadas na escola pública do município. E como vivemos no campo, necessitamos das políticas de direito do transporte público para que nossas crianças consigam chegar às escolas, desabafou.

 

A trabalhadora rural ainda afirma que quem são os maiores prejudicados são as próprias crianças. “Acordam muitas das vezes ainda de madrugada para se arrumar e caminhar pelas estradas rurais para pegar o transporte público escolar e não conseguem”, denunciou a mãe triste. “Semana passada as crianças ficaram na perspectiva de pegar o transporte e nada”, completou.

FONTE:Jornal a Cidade/26/10/2018

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter