24/06/2021

Está preso o autor do assassinato do mecânico de motos Yuri Nunes, 21, ocorrido na noite de ontem (28)

ecânico de motos Yuri Nunes, 21, ocorrido na noite de ontem (28) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Douglas de Oliveira Pereira, 19, foi autuado em flagrante nesta quinta-feira (1º) após se entregar à 1ª Delegacia de Polícia acompanhado de advogado. Ele alegou que estava sendo ameaçado por Yuri.

O crime ocorreu por volta de 23h de ontem em uma distribuidora na Rua Manoel Santiago, região norte da cidade, a cem metros da universidade Unigran, em um local de grande movimentação de pessoas.

O delegado-chefe do SIG (Serviço de Investigações Gerais) Rodolfo Daltro disse ao Campo Grande News que outro envolvido no crime, Jonathan Abner Batista Nascimento, 18, que pilotava a moto Yamaha Lander azul usada no crime, já foi identificado e está sendo procurado. Ele será autuado por participação no assassinato.

Segundo o delegado, logo após o assassinato, os policiais do SIG passaram a fazer diligências para prender o autor dos disparos. Na manhã de hoje, os policiais identificaram que Douglas Pereira foi o autor dos disparos. “Jonathan acompanhou Douglas durante a prática do crime, figurando como partícipe”, afirmou.

Arma do crime – Daltro disse que a polícia fez cerco ao local onde Douglas estava escondido e o advogado decidiu apresentá-lo e entregou a arma do crime, um revólver calibre 38 com a numeração raspada. “Até o momento, Jonathan Abner se encontra foragido”.

Conforme o delgado, sobre motivação do crime, Douglas disse que vinha sendo ameaçado por Yuri e teria sido inclusive agredido fisicamente pela vítima. Ao encontrar Yuri na conveniência, Douglas alegou suspeitar que ele estivesse armado, por isso fez disparos.

Entretanto, testemunhas que estavam no local do crime afirmam que a dupla passou de moto e o homem na garupa efetuou os disparos em direção a Yuri.

Os tiros acertaram os braços e as costas do mecânico, que chegou a ser socorrido, mas morreu na viatura do Corpo de Bombeiros. Enquanto a dupla deixava o local do crime, o condutor bateu a moto, que foi abandonada e os dois fugiram a pé.

Fonte;Campo Grande News/01/03/2018