Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on google
Share on whatsapp

Filho mata homem por dívida de 20 mil e pai é preso por ajudar a ocultar cadáver

Cinco dias após a morte de Dinaldo da Silva, 50 anos, foi preso na sexta-feira (10) Ednilson da Silva, 55 anos. Ele ajudou o filho, Ederson Boone da Silva, 31 anos, a desovar o corpo da vítima em uma área de mata no assentamento Itamarati, em Ponta Porã. O caso só foi divulgado nesta segunda-feira (13).

Segundo informações da Polícia Civil, Ederson estava devendo R$ 20 mil para a vítima pela compra de um trator. Ele marcou de encontrar Dinaldo na tarde do dia 4 de abril em uma lavoura no assentamento e, no local, matou o homem com dois tiros no rosto. Com a ajuda do pai, Ederson desovou o corpo da vítima em uma área de mata. O cadáver só foi encontrado na quinta-feira (9).

Para despistar a polícia, Ednilson registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento do filho. Na delegacia, no dia seguinte ao crime, ele relatou que Ederson havia desaparecido após cobrar uma dívida.

Durante investigações, policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) prendeu Ednilson por participação no crime na cidade de Aral Moreira. Ederson continua foragido.

Fonte: Kerolyn Araújo / Campo Grande News