30/11/2021

Homem tortura grávida e deixa corpo em frente a hospital

Uma grávida de 28 anos foi vítima de feminicídio com requintes de crueldade. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Especializada de Atendimento à Mulher de Rio Grande (RS).

 

O companheiro de Fabiane Desiderio Lopes, cuja identidade não foi revelada, foi preso preventivamente na noite desta quinta-feira (18) e confessou o crime. Ele disse ter matado a mulher por ciúmes e por desconfiar de uma traição. Segundo o delegado Roberto Sahagoff, o corpo de Fabiane apresentava sinais de tortura.

O corpo da mulher foi encontrado em frente a um hospital da cidade. O autor do crime, de 29 anos, disse à polícia ter pegado um táxi com a vítima e a deixado sentada numa cadeira. Segundo o delegado, Fabiane estava “praticamente morta” ao ser abandonada diante da unidade de saúde após ter sido “torturada por horas”. O bebê também não resistiu.

Sahgoff ressaltou que prendeu também dois irmãos do companheiro da vítima em uma operação conjunta, já que eles estavam sendo investigados por tráfico de drogas.

 

(Mais lidas)

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Casal enforca, mata e tira bebê da barriga de grávida

Mulheres se unem e agridem homem que namorava sete ao mesmo tempo

Com raiva do fim do casamento, pai dá ‘vitamina’ com soda caustica para o filho beber

Fonte;24;horasNews/

Yahoo | 20/10/2018