30/11/2021

Levou a pior adolescente é baleado ao assaltar açougue e faz família refém na fuga

Adolescente de 17 anos terminou baleado ao assaltar um açougue na Avenida Marajoara, no Jardim Centro-Oeste, na região sul da Capital, nesta segunda-feira (19). De acordo com a polícia, mesmo ferido o autor tentou fugir, invadiu uma residência das redondezas e manteve família refém para tentar, em vão, não ser apreendido.

Outro comparsa do baleado foi preso pelas polícias Militar e Civil na região. Segundo eles, após assaltarem o comércio, o acusado ferido atirou contra dono e clientes que estavam no local e chamou a atenção de um homem ainda desconhecido que passava pela rua e reagiu, o atingindo. Um terceiro envolvido é procurado.

O caso aconteceu por volta das 13h30. Os Bombeiros foram acionados para atenderem o caso de um homem baleado e, ao chegarem no local, descobriram que se tratava de um bandido. Os socorristas chegaram a ser ameaçados e chamaram a Polícia Militar.

Logo o enredo foi descoberto. Vizinhos contaram que os comparsas estavam escondidos pelo bairro, onde foram presos. O baleado correu duas quadras até um terreno baldio na Rua Anchovas, de onde pulou para dentro da residência. Ele foi preso e socorrido a um pronto-socorro ainda não revelado. A arma usada pelo acusado, um revólver calibre .38, foi apreendida, assim como as motos usadas pelos autores, abandonadas na porta do açougue.

A polícia também procura identificar o atirador do adolescente. Não se sabe se é inimigo dos autores, policial ou algum tipo de vigilante. Por enquanto, é informado apenas que pai e filho estavam dentro do açougue e não ficaram feridos no tiroteio.

Equipes do Choque (tropa de elite da PM) e delegacias especializadas, como a Delegacia Especializada na Repressão a Roubos e Furtos (Derf) e Combate ao Crime Organizado (Deco) estão no local e mais informações sobre o caso ainda serão passadas.

(Matéria editada às 15h35 para correção e acréscimo de informações)

Fonte;Correio do Estado/19/03/2018