18/10/2021

Milicianos alvos de operação foram homenageados por Flávio Bolsonaro

Dois dos alvos da Operação Os Intocáveis já receberam homenagens na Assembleia Legislativa do Rio, propostas pelo deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL). Segundo informações de O Globo, o ex-capitão do Bope Adriano Magalhães da Nóbrega e o major da PM Ronald Paulo Alves Pereira receberam as honrarias entre 2003 e 2005.

O major Ronald Paulo Alves Pereira, preso na manhã desta terça-feira (22/01), recebeu a moção de número 3.480 em 2004 pelos serviços prestados no 22º BPM. A honraria foi entregue enquanto ele era investigado pela participação na chacina de cinco jovens em uma boate em São João de Meriti.

Já o ex-capitão do Bope recebeu duas homenages, uma delas a Medalha Tiradentes, a mais alta honraria concedida pelo Legislativo do Rio, em 2003. Flávio Bolsonaro reconheceu os serviços prestados à corporação pelo policial. Até o momento, Adriano não foi encontrado pela polícia.

Até o momento, cinco suspeitos de envolvimento na morte da vereadora Marielle Franco (PSol) e do motorista Anderson Gomes foram presos pela Operação Os Intocáveis. O objetivo da ação é desmantelar uma milícia responsável por explorar o ramo imobiliário ilegal em bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Jornalista: Thaís Paranhos

Fonte: Metrópoles/22/01/2019
Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter