30/07/2021

Mulher passa por revista ao ser acusada pela patroa de ter furtado R$ 500,00

Uma mulher de 40 anos procurou a Polícia Civil de Corumbá, após ser acusada de ter furtado R$ 500,00, que supostamente estavam na bolsa da patroa, também de 40 anos, que é proprietária de um estabelecimento comercial na região central de Corumbá. O caso aconteceu na terça-feira, 30 de julho.

Conforme a comunicante, em relato ao boletim de ocorrência 3898/2019, ela trabalha há cinco meses no local e chegou por volta das 06h20, de ontem, no trabalho. Ela foi limpar o quarto da patroa e pegou a bolsa dela que estava em cima cama, debaixo de um travesseiro e a colocou em cima da mesa e, então, arrumou a cama e voltou a colocar o acessório no mesmo lugar.

Depois de alguns instantes, a patroa teria chegado da padaria e entrou gritando, chamando a vítima pelo nome, indo para o quarto, com a mochila da comunicante e jogando em cima da cama. A mulher ainda teria dito que havia deixado a “armadilha” e que a vítima teria “caído” direitinho, pois não é de agora que ela vem dando conta que está sumindo dinheiro dela.

Ela ainda teria dito que havia R$ 500,00 na bolsa e que tinha trabalhado feito uma “desgraçada” para ganhar a quantia, mandando a mulher tirar a roupa, inclusive a calcinha, para revistá-la. De acordo com a comunicante, nada foi encontrado. Depois da confusão, a mulher procurou a Polícia Civil para registrar o caso como calúnia.

 

Fonte:Diario Corumbaense

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter