Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on google
Share on whatsapp

Nenhum presidente pode dizer que ‘não consegue fazer nada

Governos existem para evitar que países quebrem; e presidentes existem para fazer de tudo para que isso não aconteça.

O Brasil está “quebrado”, declarou Bolsonaro, no primeiro dia de trabalho em seu terceiro ano de mandato. A frase, incomum na boca de um presidente da República, seria apenas uma irresponsabilidade proferida por quem deveria zelar pelo ânimo e otimismo do mercado e dos cidadãos. Mas, a seguir, o supremo mandatário da nação proferiu algo que foge à lógica e desqualifica de forma insuperável o cargo que ocupa: “Eu não consigo fazer nada”.

Essa declaração já é antológica, de nascença, da pior maneira possível. Jamais um observador da política imaginaria um presidente dizer tamanha pequenez. É chocante. Afinal, para que serve o Executivo de um país além de, primordialmente, zelar pela saúde econômica da nação? Por acaso, Bolsonaro está lavando as mãos diante do caos que ele mesmo anuncia?

Fonte:Ponta Porã Informa

O presidente Jair Bolsonaro em encontro com apoiadores REPRODUÇÃO/YOUTUBE