22/06/2021

Número de impugnações de candidaturas em MT sobe para 50

O número de candidaturas impugnadas pelo Ministério Público Eleitoral, por meio da Procuradoria da República de Mato Grosso, subiu para 50 nesta quarta-feira (22). A lista das novas seis contestações está encabeçada pelo deputado estadual, que tenta reeleição, Valdir Barranco, registrado pela Coligação “A Força da União I”, composta pelos partidos PRB, PT, PR e Pc do B.

Barranco teve sua candidatura impugnada, pois foi considerado inelegível já que, nos últimos oito anos, teve suas contas rejeitadas por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa em decisão do Tribunal de Contas da União (TCU).

As duas contas públicas julgadas irregulares pelo TCU são referentes aos processos de prestação de contas anuais da Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária no estado de Mato Grosso (Incra/MT), relativas aos exercícios de 2013 e 2014, em decisões irrecorríveis. Para mais detalhes, acesse a íntegra da inicial da impugnação.

Leia também:

Candidato que não informar arrecadação pode ser investigado por caixa 2

Das 50 impugnações registradas até o momento pelo MP Eleitoral junto à Justiça Federal, 15 são por ausência de filiação junto ao partido que registrou o candidato. Fazem parte desses números as impugnações de Laila Graziela Oliveira Dutra (Coligação Redefinindo Mato Grosso), Gherdeone do Carmo Neto(Coligação Redefinindo Mato Grosso) e Adrienne Marques Fontes (Coligação Segue em Frente Mato Grosso II).

Fonte;

Redação 24 Horas News / | 22/08/2018