24/07/2021

Opositores de Maduro querem que Brasil imponha sanções à Venezuela

Depois de mais de 10 horas de reunião, um grupo de venezuelanos que fazem oposição ao presidente Nicolás Maduro deixou o Palácio do Itamaraty. Eles pediram que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e os demais países integrantes do Grupo de Lima apliquem sanções contra a Venezuela, além de reconhecer o presidente da Assembleia Nacional, o parlamentar de oposição Juan Guaidó, como novo chefe do Poder Executivo do país.

Segundo o ex-prefeito de Caracas Antonio Ledezma, hoje exilado em Madri (Espanha), é possível aos países amigos aplicarem sanções econômicas como o bloqueio de ativos e capital. Ele pediu ainda que os demais chefes de Estado da região colaborem em investigações que possam provar atos de corrupção de Maduro e como os direitos humanos são desrespeitados no país.

Mais cedo, uma comitiva dos opositores venezuelanos foi até o Palácio do Planalto para se encontrar com o presidente Jair Bolsonaro e alinhar a posição contra Nicolás Maduro. Veja vídeo do encontro:

(Aguarde mais informações)

Jornalista: Larissa Rodrigues

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter