Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on google
Share on whatsapp

Pandemia estabelece restrições, mas salesianos promovem tradicional Gincana Mariana em formato digital

A pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19) modificou a rotina de muitas pessoas e com a igreja católica não foi diferente. Pensando em manter as atividades salesianas mesmo em tempos de distanciamento social, a Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, em Campo Grande, deu início no dia 11 deste mês, a Gincana Virtual Mariana, com a participação de 108 jovens.

Francisco Besucco, Laura Vicuña, Madre Mazzarello, Miguel Magone, Miguel Rua e Domingos Sávio. Os santos católicos da família Salesiana emprestaram os nomes às seis equipes de 18 integrantes que se dividiram em busca de pontuações que deverão garantir um vencedor no próximo dia 31.

Entre as regras aplicadas, a proibição a aglomerações para a execução de desafios apresentados com um número máximo de três integrantes para cada tarefa e o uso de máscaras.

De acordo com um dos coordenadores do movimento, Leonardo Figueiredo, a Gincana Mariana é tradição em uma casa salesiana e ganhou o formato digital em função do momento de pandemia pelo qual passamos.

Os desafios vêm sendo apresentados às equipes em formato de vídeos. São postagens em redes sociais, fotos que recriam a história dos santos patronos, orações em grupo por chamadas de vídeo, tudo como forma de evangelizar e manter os jovens na caminhada cristã, mesmo à distância. Toda a interação do grupo conta pontos para a gincana.

Jornalista Vivianne Nunes –  67 99602-6757 – Campo Grande – MS