21/06/2021

Petistas de MS fazem ‘vaquinha online’ para ajudar Lula

Mesmo com Lula (PT) preso e supostamente barrado pela Lei da Ficha Limpa, o Partido dos Trabalhadores lançou nesta quarta-feira (6) uma plataforma de arrecadação online de recursos para a pré-campanha à Presidência do ex-presidente.

 

Para os petistas de Mato Grosso do Sul, entretanto, não há nenhum problema na candidatura do ex-presidente. “Nós estamos convictos da perseguiç

Fonte;ão política que Lula sofre e nós vamos investir na candidatura dele”, disse o deputado estadual Pedro Kemp (PT).

 

“Nós inclusive entramos com recursos no STF (Supremo Tribunal Federal) e STJ (Superior Tribunal de Justiça), pedindo a anulação das condenações e acreditamos que ele vai ser liberado”, pontuou Kemp.

 

O petista avalia que há “coisas novas pela frente” que podem levar à soltura de Lula, como o depoimento do advogado Tacla Durán, denunciando a Lava Jato. “Tem denúncias muito graves de falsificação de documentos, de cerceamento da defesa de Lula”, diz o deputado.

 

A positividade é mantida pelos demais petistas. “Nós temos absoluta certeza de que não há nenhum elemento de prova concreta que o incrimine”, disse o deputado federal Zeca do PT.

 

Ele reforça que, apesar da condenação em segunda instância, a candidatura de Lula “não está descartada”. “Nós temos pareceres de grandes juristas que dão toda tranquilidade pra dizer que não tem porque ele não se eleger”, afirma.

 

Petistas vão contribuir na ‘vaquinha’

 

Zeca do PT disse ainda que vai contribuir para a ‘vaquinha online’ de arrecadação de pré-campanha de Lula. “Pra cada 15 dias eu vou depositar R$ 500 na conta dele”, afirma.

 

O deputado estadual Amarildo Cruz (PT) concorda. “Ele é o nosso pré-candidato e inclusive vou contribuir. Ainda não sei quanto, tenho que olhar na conta, mas vou contribuir.”

 

Amarildo disse que inclusive irá abrir uma arrecadação de campanha online nesta semana, seguindo Lula. “É uma forma de arrecadação permitida agora pela Legislação Eleitoral, os candidatos têm que utilizar”.

 

Kemp afirmou que sua equipe fará campanha para que militantes doem para Lula. “Nós vamos fazer nossa contribuição e campanha entre todos os militantes para que eles contribuam”, relatou.

Fonte;Midiamax /