22/09/2021

PMA autua proprietária rural em R$ 6,4 mil por destruição de matas ciliares de córrego e erosão

Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Jardim realizaram vistoria nas propriedades rurais do município de Nioaque e localizaram ontem (9) no assentamento Nova Esperança, diversas degradações ambientais em áreas de preservação permanente (APP). Em uma propriedade rural, a PMA verificou a derrubada da vegetação da área protegida de mata ciliar à margem de um córrego, para construção de um tanque ilegalmente.

Em outro ponto próximo, a equipe verificou total falta de conservação do solo na propriedade e a desvegetação e o pisoteio de animais domésticos na área fizeram com que surgissem processos erosivos em voçoroca, carreando sedimentos e causando assoreamento do córrego.

As atividades foram paralisadas. A proprietária rural (46), residente em Nioaque, foi autuada administrativamente e multada em R$ 6.400,00. A autuada também responderá por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente (APP), com pena de um a três anos de detenção.

A infratora foi notificada a apresentar junto ao órgão Ambiental Estadual um Plano de Recuperação da Área degradada e Alterada (PRADA), junto ao órgão ambiental.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS -10/11/2018

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter