13/06/2021

PMA autua proprietário rural em R$ 3,6 mil por derrubada de árvores para exploração da madeira ilegalmente

Durante fiscalização ambiental nas propriedades rurais do município de Paranaíba, Policiais Militares Ambientais de Cassilândia autuaram um fazendeiro, de 51 anos ontem (29), por crime ambiental de extração de madeira ilegalmente. O infrator derrubou diversas árvores das espécies Faveiro e Sucupira dentro da propriedade, para exploração da madeira, sem autorização do órgão ambiental.

As atividades foram paralisadas. O fazendeiro, residente em Paranaíba, responderá por crime ambiental de extração e armazenamento de madeira ilegalmente. A pena é de seis meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado R$ 3.600,00.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS -30/09/2018