18/09/2021

PMA desmonta acampamento e prende três infratores por pescar com redes e apreende barco, motor e pescado

IMG-20181103-WA0043

PMA desmonta acampamento e prende três infratores por pescar com redes e apreende barco, motor e pescado

Campo Grande (MS) – Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo, que trabalha na operação Dia de Finados, dentro da operação pré-piracema que termina amanhã (5) às 8h00, realizava fiscalização fluvial no rio Iguatemi no município de Tacuru ontem (3) e prendeu três pescadores por pesca predatória.

Os três infratores, de 32, 53 e 54 anos, residentes em Tacuru, estavam em uma embarcação, onde foram encontrados três peixes que eles tinham acabado de retirar de redes de peca (petrecho proibido), que os infratores tinham armado no rio.

Os policiais retiraram as redes que estavam armadas e foram ao acampamento dos pescadores, onde apreenderam mais duas redes de pesca e 23 anzóis de galho (petrechos proibidos). O acampamento foi desmontado e foram apreendidos: um barco, um motor de popa, 3 kg de pescado e quatro redes de pesca, 23 anzóis de galho.

Os pescadores receberam voz de prisão e foram conduzidos, juntamente com o material apreendido, à delegacia de polícia civil de Tacuru, onde foram autuados em flagrante pelo crime de pesca predatória e saíram após pagamento de fiança. Se condenados, poderão pegar pena de um a três anos de detenção. Cada pescador também foi multado em R$ 760,00.

Felizmente a PMA prendeu os elementos no início da pescaria. Prisão deste tipo indica a necessidade de fiscalização preventiva 24 horas nos rios, pois se esses elementos tivessem mais tempo e encontrassem um cardume, o dizimariam rapidamente com este tipo de arrastão com a rede, que tem alto poder de captura.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS-04/11/2018

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter