23/07/2021

Policia divulga nomes de suspeitos de integrar Novo Cangaço

Ednicio e Josias planejam usar o veículo para fugir do cerco policial

A Polícia Civil divulgou a identidade dos dois suspeitos de integrar a quadrilha do Novo Cangaço presos na quarta-feira (23) no Nortão de Mato Grosso.

 

Trata-se de Ednicio Pereira Cavalcante e Josias Silveira, que estavam hospedados em um hotel em Nova Monte Verde, e foram presos enquanto negociavam um carro à vista em uma revendedora. Com eles, os policiais apreenderam R$ 35.251,00 em dinheiro.

 

No dia 4 de junho, a quadrilha fez reféns e roubou duas cooperativas de crédito em Nova Bandeirantes. Na fuga, eles usaram reféns como escudo humano.

 

Segundo a Polícia Civil, Ednicio e Josias planejam usar o veículo para fugir do cerco policial montado em Nova Bandeirantes e em regiões próximas.

“Praticamente mais da metade da quadrilha já está fora de circulação, mas acreditamos que pode ter sim mais suspeitos na região toda. Vamos manter a operação por mais alguns dias

 

A Polícia Civil ainda não tem informações sobre a ficha criminal dos suspeitos.

 

O delegado da GCCO, Victor Hugo Bruzulato Teixeira, afirmou que a dupla presa será autuada por crimes de roubo majorado, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo e munições de uso restrito.

 

Ele ainda vai solicitar que a prisão em flagrante seja convertida para preventiva.

 

Ao MidiaNews, o tenente-coronel Adnilson Arruda, do Comando Regional de Alta Floresta, afirmou que mais da metade da quadrilha responsável pelo assalto já está fora de circulação.

 

“Acreditamos que pode ter sim mais suspeitos na região toda. Vamos manter a operação por mais alguns dias”, explicou.

 

Confrontos com a PM

 

Seis outros integrantes da quadrilha foram mortos em dois confrontos com policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) e a Força Tática.

 

Em 10 de junho, Romário de Oliveira Batista, Luiz Miguel Melek e Maciel Gomes de Oliveira e Waldeir Porto Costa, foram mortos após uma troca de tiro com os PMs.

 

Já na segunda (21), Diego de Almeida Costa e Adailton Santos da Silva tentavam fugir dos policiais, quando invadiram uma casa em Nova Monte Verde e foram mortos durante confronto.

 

Na noite de terça (22), a PM recuperou R$ 45 mil provenientes do assalto. No total, mais de R$ 250 mil já recuperados.

Fonte:MidiaNews

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter