20/10/2021

Polícia investiga 3ª execução na fronteira nas últimas 72 horas

No local foram encontradas duas cápsulas deflagradas de pistola 9mm - Divulgação

A Polícia Civil de Ponta Porã investiga a terceira execução na fronteira em pouco mais de 72 horas. Trata-se do paraguaio Rosalino Franco Torales, 39 anos, vulgo “Lata”, cujo corpo foi encontrado na madrugada deste sábado (26), na Rua Projetada, Vila Cherogamí, nas proximidades do local conhecido como “favelinha”.

Segundo informações do delegado plantonista da Delegacia de Polícia de Ponta Porã, Patrick Linares da Costa, Rosalino foi executado  por disparos de pistola calibre 9mm, conforme cápsulas de munição encontra no local do crime.

Em depoimento à equipe do delegado Linares, populares que encontram o corpo e avisaram a polícia, informaram que o indivíduo morto era usuário de drogas, era conhecido na região da “Favelinha”, como “Lata”.

Outros crimes

Na tarde desta sexta-feira, Anderson Gomes, de 40 anos, foi executado a tiros dentro da funilaria em que trabalhava no município de Ponta Porã, localizado na fronteira com o Paraguai, a 346 quilômetros de Campo Grande, por um pistoleiro que pilotava uma motocicleta. A Polícia Civil investiga o caso e ainda não há detalhes a respeito da autoria e motivação do crime.

Na quinta-feira (24), o comerciante e pastor Kleber Rocha Pinto de 59 anos foi executado a tiros em frente de seu comércio, em Ponta Porã. Em 1998 Kleber foi preso e respondeu por participação no assassinato do policial federal Marcos Antônio Soares Assunção, 35,em Dourados.

Fonte:MidiaMax

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter