20/09/2021

Prefeito desiste de nomear irmão para cargo de secretário

O prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, voltou atrás na decisão dar ao irmão o cargo de secretário. O chefe do Executivo municipal  tornou sem efeito a Portaria “P” nº 82 de 10 de janeiro de 2018, que nomeou Eduardo Aguilar Iunes, secretário de Governo da Administração Municipal. A portaria nº 135 foi publicada na edição desta sexta-feira (19), do Diário Oficial de Corumbá.

 

Eduardo, irmão de Iunes, é funcionário concursado do município, com lotação de origem na Controladoria Interna da Prefeitura e antes de ser nomeado secretário era gerente administrativo e financeiro na Fundação de Turismo do Pantanal, conforme informações divulgadas no site do jornal Diário Corumbaense.

 

Ao Diário Corumbaense, o prefeito explicou que vai ainda fazer outras alterações e que não seria possível manter Eduardo, que é tido por ele como seu braço direito, “preso” a uma secretaria. “A função dele é assessorar diretamente o prefeito”, afirmou Iunes ao frisar que a participação do irmão no governo não se trata de nepotismo. “Eduardo é servidor de carreira, é de minha confiança e além disso, o próprio Supremo Tribunal Federal já decidiu que nomeação de familiares para cargos de confiança não pode ser considerada nepotismo”, completou.

 

Com a decisão de Marcelo Iunes, Cássio Augusto da Costa Marques, que é assessor especial no Gabinete do Prefeito e coordena a Unidade Executora do Programa do Fundo de Financeiros de Desenvolvimento dos Países da Bacia do Prata (Fonplata), volta a responder pela Secretaria Municipal de Governo.

Fonte;

Flávio Brito
Capital News/20/01/2018

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter