01/08/2021

Presa com cocaína, mulher justifica que entrou no crime por causa da extrema pobreza

Passageira de ônibus de viagem foi presa em flagrante por tráfico de drogas neste sábado (20), na altura do quilômetro 600 da BR-262, em Miranda. Ela levava em uma mochila 1,5 quilos de cocaína e justificou que aceitou fazer o transporte porque está passando por situação de extrema pobreza.

 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), em entrevista a uma das passageiras, os agentes notaram nela grande nervosismo, além de diversas informações inconsistentes sobre as circunstâncias da viagem.

 

Ao ser revistada a bagagem da mulher, foram encontrados dois tabletes de substância análoga à cocaína, totalizando a quantia aproximada de 1,5 kg.

 

Questionada sobre a posse da substância, a passageira alegou que havia pegado com uma pessoa desconhecida em Corumbá e que levaria até Campo Grande. Afirmou que receberia R$ 1,5 mil pelo transporte e que havia aceitado o serviço em razão de sua situação de extrema pobreza que está passando.

 

A mulher foi presa por tráfico de drogas e a ocorrência foi encaminhada para Delegacia de Polícia Civil de Miranda.

Fonte;

Laura Holsback
Capital News/21/01/2018

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter