Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on google
Share on whatsapp

Procon só responderá sobre valor do PPV após jogo do Palmeiras

 impasse entre Palmeiras e Globo por conta da transmissão do Brasileirão continua a gerar problemas. Dessa vez, o Procon (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor) veio a público dizer que só vai responder dúvidas sobre valores dos pacotes Pay Per View após o jogo entre o Verdão e o Atlético-MG, no domingo.

Por conta de não poderem assistir os jogos do Palmeiras, assinantes do serviço Pay Per View estariam questionando se o valor dos pacotes teria desconto, já que nem todos os jogos do Campeonato Brasileiro seriam transmitidos.

De acordo com informações da ESPN, o Procon só irá se pronunciar sobre o caso após a partida entre Palmeiras e Atlético-MG no domingo. Recentemente, o órgão notificou algumas emissoras exigindo desconto nos pacotes PPV. Essa notificação foi feita também antes do início da competição. Porém, não houve confimação do cumprimento da medida.

Nos bastidores do clube alviverde, é dito que o Palmeiras tem interesse em assinar o contrato com a Globo. Porém, a equipe faz algumas exigências, como receber um valor semelhante aos R$ 120 milhões recebidos por Flamengo e Corinthians no Pay Per View. Entretanto, como a emissora não atende os pedidos palmeirenses, o impasse continua.

Sem os jogos de Palmeiras e Athletico, que também não assinou com o serviço PPV, os torcedores que aderirem ao pacote deixarão de assistir 76 partidas, cerca de 20% do Campeonato. Enquanto o impasse entre a Globo, e seu serviço PPV, e o Verdão continuar, os torcedores terão que acompanhar os jogos pelo Esporte Interativo ou pelas rádios.

Fonte: Ig Esportes