21/01/2022

STF adia julgamento de pedido de habeas corpus de Lula

Ministra Cármen Lúcia

O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quinta (22) que o julgamento do habeas corpus preventivo pedido pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai ficar para 4 de abril.

 

Paulo Lopes/Futura Press

Se tiver habeas corpus negado, Lula pode ser preso na semana que vem

Ex-presidente Lula ainda tem um recurso que será julgado no dia 26, no TRF4

O habeas corpus foi liberado para o plenário pelo relator, ministro Edson Fachin. Lula foi condenado em janeiro pela segunda instância da Justiça Federal a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro no processo sobre o tríplex de Guarujá (SP). Os últimos recursos da defesa do petista no TRF-4 (Tribunal Regional da 4ª Região) deverão ser julgados na próxima segunda-feira (26).

 

Em tese, depois disso sua prisão poderá ser decretada. Sua defesa pediu ao STF um habeas corpus preventivo para evitar a possibilidade de prisão antes de analisados os recursos nos tribunais de Brasília. O ministro Fachin já negou o pedido liminarmente (decisão provisória), e decidiu enviar o caso para o plenário julgar o mérito.

Fonte;Capitalnews/22/03/2018