24/06/2021

Votação na última quinta-feira (15), em regime de urgência especial, causou divergências entre os membros do legislativo em certa medida, provocou “ciúmes.

Aprovado – A Câmara Municipal de Bela Vista aprovou na sessão da última quinta-feira (15), em regime de urgência especial, por 6 votos a 5, o Projeto de Lei nº 1.599/2018, autorizando o Poder Executivo Municipal a abrir créditos adicionais suplementares no valor de R$ 1.699.558,56.

Polêmica – A votação causou divergências entre os membros do legislativo e em certa medida, provocou “ciúmes” em parte dos vereadores da base do prefeito, que se sentiram preteridos por não terem sido avisados pelo executivo sobre o referido projeto.

Discordância – A divergência foi demonstrada nos discursos e no resultado da votação, que terminou com os 6 votos favoráveis vindos de vereadores da oposição – mesmo eles afirmando que não há essa divisão.

Votação – Aprovaram o projeto os vereadores: Fabrizia Tinoco (PRB), Hemerson Rodrigues (PSL), Johnys Basso (DEM), Marquinhos Lino (MDB), Rubens Nunes (PP) e Demecio Takeshi Higa (PHS). Foram contrários os vereadores: Diogo Murano (PSD), Francisco Élio Battilani (PSDB), Francisco Gutierres (PSDB) e Geraldo de Souza Rosa (PDT).

Fonte; Coluna Bate Pronto/Thaffarel Nunez Gonçalves/19/02/2018